Santa Catarina e Espanha assinam termo de cooperação técnica e comercial para área portuária

Com o objetivo de facilitar o comércio e o desenvolvimento de projetos entre as áreas portuárias de Santa Catarina e Espanha, a SC Participações e Parcerias S.A. (SCPAR) e a Autoridade Portuária de Valência (APV) assinaram, na 25ª Feira Intermodal, em São Paulo, uma carta de intenções para cooperação comercial, científica e tecnológica. É o primeiro acordo do gênero entre os dois países.

 Em Santa Catarina, o termo abrange os portos públicos de Imbituba e de São Francisco do Sul. O convênio abarca as áreas de informação logística, gestão e processos-logísticos portuários.

 A informação logística abrange a modernização de processos de Tecnologia da Informação (T.I.), com a implementação de sistemas automatizados e o monitoramento em tempo real das operações. A gestão engloba o intercâmbio de conhecimentos de governança corporativa.

Já os processos logístico-portuários abrangem a rotina das operações. O objetivo nesse quesito é, a partir do modelo de sucesso do Porto de Valência, tornar os portos públicos catarinenses e mais competitivos em relação a outros países.

 “Temos muito a aprender com eles. Esperamos receber o know how técnico do Porto de Valência para melhorar a eficiência dos nossos portos nos temas abrangidos pelo convênio. Queremos criar uma marca de qualidade dos portos catarinenses”, ressalta Fabiano Ramalho, diretor jurídico da SCPAR.

A data de início e a forma como será efetivada a cooperação ainda serão ajustadas: “Neste primeiro momento, os trabalhos serão voltados à criação de uma agenda direcionada à capacitação e à qualidade”, esclarece o diretor.

Fonte: https://www.apsfs.sc.gov.br/?p=2387

Terminal graneleiro

Desde o dia 1° de dezembro de 2019, o Terminal Graneleiro de São Francisco do Sul (TGSFS), até então operado pela CIDASC, passa a ser administrado pela SCPar Porto de São Francisco do Sul S/A. Um compromisso cumprido pela atual gestão com relação a modernização e à eficiência TGSFS, alinhado à política do Governador Moisés de fazer mais com menos e, assim, trazer resultados positivos para toda a sociedade catarinense. Essa conquista decorreu do trabalho conjunto entre a SCPAR Porto e a SCPAR Holding, que, com base no modelo aprimorado de Governança Corporativa implantado pela atual administração, têm se dedicado à modernização da gestão e da operação portuária, em prol da maior eficiência e produtividade do Porto Público.

Fonte: https://www.apsfs.sc.gov.br/?p=2683

Não há impacto em operações portuárias por coronavírus, diz técnico da Economia

Até agora não há relato de impacto em operações portuárias no Brasil por causa do coronavírus, afirmou nesta segunda-feira o subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior, Herlon Brandão.

“Estamos monitorando. Na medida em que houver algum efeito sobre economia chinesa, assim como todos os países do mundo o Brasil também pode ser afetado”, disse ele, em coletiva de imprensa.

Nesse contexto, Brandão pontuou que a exportação de alimentos seria menos afetada, aos passo que as vendas de insumos industriais poderiam ser impactadas.